Foto: CMC / Reprodução NSC

(ClicRDC) Os simuladores do tempo mostram que no decorrer da próxima terça-feira (7), um novo ciclone deverá se deslocar pelo Sul do Brasil. Porém, não deverá ser da mesma intensidade. Um ciclone é mais intenso ou menos intenso pela queda da pressão do ar no seu centro. O último ciclone chegou a ter 975 hPa (hectopascal, unidade de pressão). Algo muito baixo. Ele teve uma queda muito acentuada em poucas horas, 1hPa por hora, que classificou como um ciclone bomba.

De acordo com a NSC, o próximo ciclone previsto não deverá ter essa diminuição tão rápida, ou seja, não é um bomba. A pressão menor prevista, por enquanto, deverá ser em torno de 1006 a 1003 hPA, ou seja, menos intenso. Para ter mais ou menos intensidade um temporal provocando pelo processo de formação de um ciclone, é necessário saber a posição que isso irá ocorrer.