Foi apreendido na Terça-Feira (19) um adolescente suspeito de ter empurrado a jovem Anna Júlia Szielasko em uma linha de trem na cidade de Maringá (PR).

Anna Júlia tinha 18 anos e morreu após ser atropelada por um trem na Avenida Horácio Racanello, no dia 23 de Fevereiro de 2020. A jovem residia em Sarandi e havia passado no vestibular de História da Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Segundo relatos feitos a polícia, a jovem esteve em uma festa no parque de exposições e teria deixado o local por volta das 21h acompanhada de um amigo de 17 anos.

A polícia civil relata que o menor de 17 anos foi ouvido cinco vezes antes de ser apreendido, e em todos os depoimentos teria contado versões diferentes sobre o ocorrido. A Delegada responsável afirma que em uma das versões contadas pelo investigado, a menina teria se jogado nos trilhos. “Em depoimento o maquinista disse que a garota não estava sobre o trilho, aparentemente ela estava em luta corporal com o jovem apreendido. O adolescente nega o crime”  detalha a delegada Karen Friedrich.

 

Fonte: G1